fbpx

IC418: Nebulosa do Espirógrafo

O que está criando a estranha textura da IC418? Denominada de Nebulosa do Espirógrafo, pela semelhança dos desenhos que podem ser feitos com a ferramenta que se faz desenhos circulares, a nebulosa planetária, embora apresente essas feições, muitos de seus padrões ainda não são compreendidos. Talvez eles sejam relacionados aos caóticos ventos originados na estrela variável central, que muda de brilho sem aviso prévio em apenas poucas horas. Em contraste a isso, evidências indicam que somente a alguns milhões de anos atrás a IC418 foi provavelmente uma estrela semelhante ao Sol. Somente a alguns milhares da anos atrás, a IC418, foi provavelmente uma estrela gigante vermelha. Desde o momento que esgotou todo o seu combustível nuclear, o envelope externo começou a se expandir deixando um núcleo remanescente para traz, que se tornou então uma estrela anã branca, visível no centro da imagem. A luz do núcleo central excita aos átomos ao redor da nebulosa causando seu brilho. A IC418 localiza-se a 2000 anos-luz de distância e possui uma dimensão de 0.3 anos-luz de diâmetro. Essa imagem em cor falsa foi feita pelo Telescópio Espacial Hubble com o qual se conseguiu revelar os detalhes mais peculiares.

Fonte:

http://apod.nasa.gov/apod/ap100411.html

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .