fbpx

Hydrus 1: A Nova Galáxia Satélite da Via Láctea – Space Today TV Ep.1229

Nas vizinhanças da Via Láctea, temos cerca de 50 galáxias satélites.

Essas galáxias satélites são importantes para compor o digamos ambiente galáctico, podem no futuro se fundir com a Via Láctea e podem ajudar a entender como as galáxias se formam e evoluem.

Essas galáxias, são, na sua maioria, galáxias anãs, portanto descobrí-las que é uma tarefa importante, não é algo tão fácil assim.

Mas de vez em quando acontece, e foi isso que aconteceu recentemente.

Um grupo de pesquisadores, descobriu uma nova galáxia anã nas imediações da nossa galáxia.

A descoberta foi realizada com o Telescópio Blanco de 4 metros de diâmetro, montado no Observatório Inter-Americano de Cerro Tololo no Chile.

Os pesquisadores usavam a chamada DECam, ou Câmera da energia Escura para observar a região entre a Pequena e Grande Nuvem de Magalhães, conhecida como Pnte de Magalhães.

A galáxia recém-descoberta foi classificada como sendo uma galáxia anã ultra apagada, ela está localizada a cerca de 90 mil anos-luz de distância do Sol, 78 mil anos-luz de distância da grande Nuvem de Magalhães.

Ela tem um raio aproximado de 163 anos-luz e foi chamada de Hydrus 1 , pois foi descoberta na constelação de hydrus.

A galáxia é dominad por matéria escura, tem uma populaçãol estelar velha e pobre em metal com algumas estrelas azuis e duas variáveis do tipo RR Lyrae.

Ela está sendo considerada uma galáxia da família de Magalhães de galáxia.

O interessante é que os pesquisadores ainda possuem uma certa dúvida se ela é mesmo uma galáxia ou um aglomerado globular de estrelas, mas a maior probabilidade é que seja uma galáxia anã.

Agora que a segunda base de dados da Gaia foi lançada, os pesquisadores, poderão procurar nesses dados informações adicionais para conhecer melhor essa galáxia.

Como eu falei esse tipo de descoberta é de suma importância para se ter um bom conhecimento do ambiente galáctico ao redor e para entender o processo de fusão, origem e evolução das galáxias.

Anote aí então, Hydrus 1, mais uma galáxia na lista de galáxias anãs na nossa vizinhança cósmica.

fonte:

https://phys.org/news/2018-04-snake-cloudsastronomers-dwarf-galaxy-magellanic.html

Artigo:

https://arxiv.org/pdf/1804.06430.pdf

https://www.padrim.com.br/spacetoday

Seja meu Patrão:

http://www.patreon.com/spacetoday

=====================================================

Seja um apoiador do Space Today:

https://apoia.se/spacetoday

=====================================================

Conheça a Agência Marcos Pontes e torne o seu sonho de conhecer o ESO em realidade:

http://www.agenciamarcospontes.com.br

http://www.agenciamarcospontes.com.br/visita-observatorios-telescopios-eso-atacama-viagem.php

=====================================================

Seja meu Patrão:

http://www.patreon.com/spacetoday

=====================================================

Apoio e apresentação:

http://deviante.com.br

A nova casa do SciCast

=====================================================

Science Vlogs Brasil:

https://www.youtube.com/channel/UCqiD87j08pe5NYPZ-ncZw2w/featured

http://scienceblogs.com.br/sciencevlogs/

https://www.youtube.com/channel/UCqiD87j08pe5NYPZ-ncZw2w/channels?view=60

=====================================================

Meus contatos:

BLOG: https://spacetoday.com.br

FACEBOOK: http://www.facebook.com/spacetoday

TWITTER: http://twitter.com/spacetoday

YOUTUBE: http://www.youtube.com/spacetodaytv

Obrigado pela audiência e boa diversão!!!

=====================================================

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .