fbpx

HH-222: A Nebulosa da Queda d’Água


O que criou a Nebulosa da Queda d’Água? Ninguém sabe. A estrutura vista na região da NGC 1999 na Grande Nuvem Molecular de Orion é uma das estruturas mais misteriosas encontrada no céu. Designada como HH-222, o alongado jato gasoso se estica por aproximadamente dez anos-luz e emite uma vasta quantidade de cores pouco comum. Uma hipótese é que o filamento de gás resulta do vento proveniente de uma estrela jovem que se chocou com uma nuvem molecular próxima. Não existe explicação, por exemplo, por que a Nebulosa da Queda d’Água e jatos mais apagados parecem convergir para um ponto brilhante mas que de forma pouco comum não é uma fonte de rádio térmica localizada na direção superior esquerda da estrutura em curva. Outra hipótese é que a pouco comum fonte de rádio se origina de um sistema binário contendo uma anã branca quente, uma estrela de nêutrons ou um buraco negro, e que a Nebulosa da Queda d’Água seria apenas o jato proveniente desse sistema energético. Esses sistemas, contudo, são normalmente emissores fortes de raios-X, e nenhuma emissão de raio-X foi detectada dessa nebulosa. Até o momento, esse caso permanece sem solução. Talvez, observações futuras e outras inteligentes deduções possam desvendar a verdadeira origem dessa enigmática nebulosa.

Fonte:

http://apod.nasa.gov/apod/ap111024.html


Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .