Herschel Encontra Possíveis Moléculas Formadoras de Vida no Espaço

O Observatório Espacial Herschel revelou impressões químicas de moléculas orgânicas que potencialmente podem permitir que a vida se forme na Nebulosa de Orion, um berçário estelar próximo da Via Láctea.

Os novos dados obtidos com o instrumento heteródino (1) do telescópio  para o infravermelho distante – um dos três instrumentos inovadores a bordo do Herschel – demonstrou a mina de ouro de informação que o telescópio pode fornecer em como moléculas orgânicas se formam no espaço.

A Nebulosa de Orion é conhecida por ser uma das fábricas químicas mais prolíficas no espaço, embora a complete extensão dessa química e a passagem para a formação e moléculas não sejam bem entendidas. Analisando com cuidado os padrões dos picos nos novos dados, chamado de espectro, os astrônomos identificaram moléculas comuns que são precursoras das moléculas responsáveis pela vida, incluindo, água, monóxido de carbono, metanol, óxido de enxofre, dióxido de enxofre, formaldeído, cianeto de hidrogênio, éter dimetil, entre outros.

(1) Instrumento esse que usa uma técnica de detecção de ondas de rádio que envolve a combinação de medidas em diferentes freqüências com o objetivo de produzir uma freqüência igual à quantidade e a diferença entre os dois sinais originais, utiliza o princípio da interferência.

Fonte:

http://www.jpl.nasa.gov/news/news.cfm?release=2010-077

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.