GALÁXIA NÃO TEM 99% DE MATÉRIA ESCURA | SPACE TODAY TV EP2337

VISITE A LOJA DO SPACE TODAY:

https://spacetodaystore.com

Às vezes estudando o universo, aparecem alguns fenômenos e objetos que desafiam e muito o conhecimento e os modelos que os astrônomos possuem.

Alguns desses objetos e fenômenos são realmente anômalos, mas outros nem tanto, e para isso que os cientistas sempre revisitam os dados, desafiam as observações para comprovar ou não uma grande descoberta.

Quando falamos de galáxias hoje em dia, é praticamente impossível de entender o seu funcionamento sem a presença da matéria escura, embora nós não conseguimos ver essa matéria, nós sabemos que ela está ali.

Normalmente em estudos de galáxias, os astrônomos encontram uma quantidade de matéria escura que é de cerca de 10 a 300 vezes maior do que a quantidade de matéria visível.

Porém, a alguns anos atrás, os astrônomos descobriram uma galáxia que desafiou tudo isso, a Dragonfly 44.

Estudando a galáxia e principalmente o número de aglomerados globulares que a galáxia possui, essa é uma maneira de se estimar a quantidade de matéria escura de uma galáxia, os astrônomos estimaram que a Dragonfly 44 teria cerca de 10 mil vezes mais matéria escura do que estrelas.

Se isso realmente fosse verdade e se confirmasse, essa galáxia seria um objeto único e os modelos de entendimento das galáxias teria que ser revisto.

Os astrônomos então resolveram estudar em mais detalhe a Dragonfly 44, e eles descobriram algo interessante.

Nos estudos anteriores haviam sido detectados cerca de 80 aglomerados globulares na Dragonfly 44 e era daí que nascia a sua quantidade absurda de matéria escura.

Mas dessa vez, numa análise mais detalhada, os astrônomos detectaram somente 20 aglomerados globulares.

E com essa quantidade e fazendo as contas, a quantidade de matéria escura na galáxia é da ordem de 300 vezes maior do que a de estrelas visíveis, o que a coloca muito bem no intervalo esperado para as galáxias.

Assim, a galáxia não é nada especial, e os modelos de entendimento de galáxias podem seguir seu curso natural, sem grande sobressaltos.

Por isso, que na ciência não existe uma verdade definitiva, as coisas estão sendo estudadas, colocadas a prova, se você quer explicar algo que seja extraordinário, o seu conjunto de evidências precisa ser mais extraordinário ainda.

Assim, tudo segue normal no universo, e podemos voltar nossos esforços para novamente tentar entender o que é a matéria escura.

Fonte:

http://www.iac.es/en/outreach/news/puzzle-strange-galaxy-made-9999-dark-matter-solved

https://arxiv.org/pdf/2006.14630v4.pdf

#DARKMATTER #GALAXY #SPACETODAY

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.