FRB MISTERIOSA TEM ORIGEM EM GALÁXIA ESPIRAL PRÓXIMA | SPACE TODAY TV EP2082

ASSISTAM O VÍDEO DA NED:

https://www.youtube.com/watch?v=ocw-R7tHsdU&t=329s

————————————————————————————————————

VISITE A LOJA DO SPACETODAY:

https://www.spacetodaystore.com

————————————————————————————————————

SEJA MEMBRO DO SPACE TODAY E AJUDE COM A CRIAÇÃO DE CONTEÚDO SÉRIA NA ÁREA DE ASTRONOMIA:

https://www.patreon.com/spacetoday

https://apoia.se/spacetoday

https://www.youtube.com/channel/UC_Fk7hHbl7vv_7K8tYqJd5A/join

————————————————————————————————————

ESCUTE O PODCAST HORIZONTE DE EVENTOS – EPISÓDIO DE HOJE – BETELGEUSE

https://soundcloud.com/user-956768544/horizonte-de-eventos-episodio-7-betelgeuse-vai-explodir

————————————————————————————————————

Para quem não se lembra FRB é uma explosão rápida em ondas de rádio é um dos grandes mistérios da astronomia atualmente.

Ninguém sabe ao certo o que gera essas explosões, mesmo porque dificilmente se sabe onde elas originam.

Então uma primeira coisa é saber a sua origem e a partir daí tentar entender o que fez com que elas surgissem.

Se não bastasse todo o mistério envolvendo as FRBs, algumas são repetidas o que faz com que a imaginação ganhe asas.

E alguns pensem que as FRBs nada mais são do que o acionamento dos motores de naves alienígenas.

A primeira FRB repetida que teve a sua localização determinada foi a FRB 121102, que localiza-se numa galáxia anã.

Então, será que todas veem de galáxias anãs.

Em 2018, os astrônomos detectaram uma FRB, chamada de FRB 180916, essa FRB é do tipo repetida, ou seja, de tempos em tempos o sinal é detectado novamente.

Usando um arsenal de observatórios espalhados pelo mundo os pesquisadores conseguiram determinar o local de origem dessa FRB.

Essa FRB se originou no braço espiral de uma galáxia espiral, que é um local de formação de estrelas da galáxia.

Essa galáxia está localizada a cerca de 500 milhões de anos-luz de distância da Terra, o que faz com que ela esteja sete vezes mais próximas de nós do que a FRB 121102.

Isso faz com que a origem dessa FRB seja muito diferente da anterior detectada, mas por outro lado, a proximidade, permite que esse legal de origem seja vasculhado por muitos outros telescópios.

Os astrônomos ainda esperam detectar emissões em outros comprimentos de onda provenientes do local de origem da FRB.

Isso ajudaria e muito a saber mais sobre o seu local de origem e assim tentar entender o mecanismo que produzem as FRBs.

Será que é o ano de 2020, o ano que finalmente vamos entender completamente esse que é um dos fenômenos mais intrigantes do universo?

Façam suas apostas.

Fontes:

https://www.mcgill.ca/newsroom/channels/news/fast-radio-burst-tracked-down-nearby-galaxy-303809

https://www.nature.com/articles/s41586-019-1866-z.pdf

#FRBs #SpiralGalaxy #SpaceToday

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.