fbpx

Foto e Vídeo Mostram o Encontro da Estrela Guia Laser Com os Raios de Uma Tempestade


Na quinta-feira, dia 18 de Agosto de 2011, o céu acima do Observatório Público de Allgäu na parte sudoeste da Bavaria se apresentava de forma espetacular na paisagem com a noite sendo iluminada por dois fenômenos bem diferentes: um deles é um exemplo da avançada tecnologia, e o outro é um exemplo do poder dramático da natureza.

Enquanto o ESO testava a nova estrela de guia laser Wendelstein que gera e atira um poderoso feixe de laser na atmosfera, uma intensa tempestade de verão se aproximava – essa com certeza é uma das maiores demonstrações visuais de porque os principais telescópios do ESO ficam no Chile e não na Alemanha ou na Europa em geral. Nuvens cinzas pesadas disparavam seus raios enquanto Martin Kornmesser um artista visual do ESO registrava uma sequência de fotos de lapso de tempo para o vídeo que é mostrado abaixo. Como parte de uma grande coincidência a foto acima foi capturada no exato momento em que um raio era disparado das nuvens, resultando numa imagem espetacular que parece ter sido tirada de um filme de ficção científica. Embora a tempestade estivesse longe do observatório o raio parece estar se chocando com o feixe laser no céu.

Estrelas guias lasers são estrelas artificiais criadas a 90 quilômetros acima da atmosfera da Terra usando para isso um feixe laser. As medidas feitas com essa estrela artificial podem ser usadas para corrigir os efeitos de borrão da atmosfera nas observações astronômicas – essa técnica de se utilizar  guias laser para melhorar as observações astronômicas é chamada de óptica adaptativa. A estrela guia laser Wendelstein tem um novo desgin, combinando o laser com pequenos telescópios usados para lançar o laser uma única unidade modular que pode então ser montada em um telescópio maior.

O laser mostrado nessa imagem é muito poderoso, com um feixe de 20 watts, mas o poder do raio atinge os trilhões de watts, embora essa energia seja dissipada em uma fração de segundo. Pouco depois dessa imagem ter sido feita a tempestade atingiu o observatório, forçando o encerramento das operações naquela noite. Enquanto que por um lado temos o controle completo de equipamentos de alta tecnologia como as estrelas guias laser, nós ainda estamos sujeitos às forças da natureza, entre as principais, o clima.

Fonte:

http://www.eso.org/public/images/potw1136a/


Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .