Flashes Azul e Verde São Registrados no Sol na Alemanha

flashes_sol_alemanha_01

observatory_150105Quando Oliver Stiehler  de Wetzalar, próximo a Frankfurt na Alemanha fez fotos do pôr-do-Sol no início da primavera no hemisfério norte ele pôde registrar essas belas aparições e cintilantes dos raios azul e verde do Sol. O céu, segundo ele, estava sem nuvens com muito pouca névoa, ele foi até um ponto a aproximadamente 275 metros acima do nível do mar, para fazer as imagens. Com paciência, um céu limpo e uma visão clara do horizonte, um raio verde e até mesmo um raio azul puderam na ocasião serem observados no pôr-do-Sol e no nascer do Sol. Eles são mais fáceis de serem detectados no pôr-do-Sol já que você não precisa adivinhar em qual ponto do horizonte o disco solar aparecerá.

Os flashes resultam da refração atmosférica quando o Sol está baixo no céu. Mas a refração precisa ser suficientemente forte, por meio de gradientes de temperatura atmosférica, para que a miragem ocorra. Quando isso acontece ocorre uma ampliação vertical da imagem por partes da miragem. Então, e somente nesse ponto, as cores serão separadas produzidas pelo diferencial de refração visível ao olho ou a câmera. Claro, sempre tenha muito cuidado a observar o Sol diretamente. A foto acima foi feita no dia 2 de Março de 2013.

flashes_sol_alemanha_02

Fonte:

http://epod.usra.edu/blog/2013/05/green-and-blue-flashes.html

alma_modificado_rodape105

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo