Fenômeno Atmosférico Glory É Registrado na Montanha Sugar na Carolina do Norte

glory_sugar_01

observatory_150105Todd Bush do site bushphoto.com registrou esse magnífico exemplo do fenômeno atmosférico conhecido como glory.

“As imagens foram feitas no período da manhã no alto da Montanha Sugar, na parte oeste do estado norte-americano da Carolina do Norte. Os eventos foram extremamente fugazes, mas graciosamente repetitivos. Eles duravam um ou dois segundos e então desapareciam à medida que as nuvens cobriam o Sol, então reapareciam se as condições fossem suficientes. A condição ideal é com tempo claro ao redor do Sol, mas com nuvens passando um pouco abaixo do cume”.

glory_sugar_02

O Sol brilhando no meio da névoa, e um ponto de vista que o observe de cima para baixo na direção oposta a do Sol, são os ingredientes necessários para a formação do glory.

Gotículas muito pequenas, entre 1 e 100 mícron de diâmetro presentes na névoa difratam e espalham a luz do Sol. Algumas ondas são espalhadas para frente quase todas na mesma direção para formar uma coroa. Outras ondas emergem das gotículas na direção oposto para produzir um glory multi-anelado.

glory_sugar_03

O fenômeno registrado por Todd foi acompanhado pela sombra do próprio fenômeno, num outro evento atmosférico conhecido como Brocken Spectre. A figura fantasmagórica e alongada é a sombra tridimensional do observador se esticando através da névoa.

glory_sugar_04

As ondas são espalhadas diretamente para trás e o glory aparece no ponto antissolar oposto ao Sol. Para gotas de água a passagem do raio mostrada é geometricamente impossível, mas as ondas podem fazer coisas estranhas às vezes.

glory_sugar_05

Fonte:

http://atoptics.co.uk/fz912.htm

alma_modificado_rodape105

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo