fbpx

ESA MANOBRA SATÉLITE PARA EVITAR COLISÃO NO ESPAÇO | SPACE TODAY TV EP1943

ADQUIRA SEU INGRESSO PARA O EVENTO DOS 50 ANOS DA IDA DO HOMEM PARA A LUA EM FORTALEZA:

<a href="https://www.sympla.com.br/50-anos-do-homem-na-lua—fortaleza__593744" target="_blank" rel=”nofollow”>https://www.sympla.com.br/50-anos-do-homem-na-lua—fortaleza__593744

——————————————————————————-

BONÉ SPACE TODAY:

https://www.spacetodaystore.com/bones/bone-trucker-space-today/

——————————————————————————-

PROMOÇÃO CAMISETA + CANECA NA SPACE TODAY STORE:

https://mailchi.mp/spacetodaystore/promocanecas

——————————————————————————-

PARA SE INSCREVER NO CURSO BIG BANG – ASTRONOMIA PARA LEIGOS E APRESSADOS ACESSE O SITE:

https://academyspace.com.br/big-bang/

Para fazer parte do seleto grupo dos apoiadores!!!

https://www.youtube.com/channel/UC_Fk7hHbl7vv_7K8tYqJd5A/join

——————————————————————————-

Não é de hoje que o espaço está se tornando um local perigoso, tem muita coisa em cima das nossas cabeças, muitos satélites, muito lixo espacial e o espaço para eles ficarem é limitado.

Desde 1957, com o primeiro lançamento, foram já mais de 5500 lançamentos, jogando no espaço mais de 9000 satélites, dos quais, de acordo com a ESA, cerca de 2000 estão funcionais atualmente.

Com tanta coisa assim, acidentes acontecem, obviamente, porém os engenheiro tentam evitar ao máximo que isso aconteça.

E no dia 2 de Setembro de 2019, quase aconteceu um grande acidente no espaço, bem perto da Terra.

O satélite AEOLUS, lembram dele? O satélite que é usado para estudar os ventos no planeta Terra, quase se chocou com um satélite da constelação Starlink da SpaceX, mais precisamente, o Starlink 44, que fez parte dos 60 primeiros satélites enviados pela SpaceX para o espaço.

Essa foi a primeira vez que a ESA, dona do AEOLUS realizou uma manobra para evitar colisão, para proteger o seu satélites desse problema.

O AEOLUS foi manobrado para uma órbita 350 metros mais alta evitando a sua colisão com outros satélites.

Para realizar essa manobra, a probabilidade de colisão tem que estar abaixo de 1 em 10000 assim todo o protocolo de manobra da ESA é acionado.

No dia 28 de Agosto essa probabilidade era de 1 em 50000 então tanto a ESA como a SpaceX se falaram e decidiram não realizar manobras.

Porém no dia 30 de Agosto a probabilidade de colisão caiu para 1 em 1000 e as empresas se falariam novamente, como a SpaceX não respondeu o chamado da ESA, o satélite AEOLUS foi movido de sua órbita para evitar a colisão.

A SpaceX disse em comunicado que um problema no seu sistema de chamados evitou que o operador do Starlink entrasse em contato quando viu a probabilidade de colisão aumentar.

À medida que o tempo passa esse tipo de situação pode se tornar cada vez mais comum e os engenheiros estão pensando muito na instalação de sistemas autônomos que possam fazer com que um satélite não colida com outro sem a interferência humana.

Fonte:

http://www.esa.int/Our_Activities/Space_Safety/ESA_spacecraft_dodges_large_constellation

https://www.forbes.com/sites/jonathanocallaghan/2019/09/03/spacex-says-a-bug-prevented-its-starlink-satellite-avoiding-europes-aeolus-satellite-in-orbit/#31bbdbd17ff5

#AEOLUS #STARLINK #ColisãoNoEspaço

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .