Empresa Japonesa Irá Testar Lixeiro Espacial Que Usa Imã Para Capturar Satélites

Um satélite está prestes a demonstrar um novo tipo de técnica para capturar o lixo espacial usando para isso imãs, pela primeira vez. Com a frequências dos lançamentos aumentando drasticamente nos anos recentes, o potencial para uma colisão desastrosas desses detritos acima da Terra vem aumentado de forma considerável. Agora, uma empresa de limpeza espacial japonesa, a Astroscale está testando uma nova solução.

A End-of-Life Services by Astroscale da empresa é uma missão de demonstração de tecnologia, programada para ser lançada no foguete russo Soyuz-2.1a. Essa missão consiste de dois pequenos satélites, um satélite menor que seria o satélite cliente e um maior que seria o caçador. O satélite menor é equipado com uma placa imantada que permite que o caçador se acople a ele.

Os dois satélites uma vez acoplados irão realizar 3 testes na órbita, cada um deles irá envovler o satélite caçador liberando e recapturando o satélite cliente. O primeiro teste será o mais simples, com o satélite cliente viajando a uma curta distância e sendo recapturado. No segundo teste, o satélite caçador irá capturar o satélite cliente enquanto ele está girando pelo espaço, então precisará sincronizar o movimento para fazer o acoplamento.

Finalmente, se esses dois testes derem certo, o satélite caçador irá liberar o satélite cliente que então irá flutuar pelo espaço centenas de metros antes de ser encontrado e capturado novamente. Todos os 3 testes serão realizados de forma autônoma, com pouca, ou nenhuma interferência humana durante o processo.

Esse tipo de demonstração de tecnologia nunca foi realizada antes no espaço, elas são bem diferentes, de, por exemplo, um astronauta controlando um braço robótico na estação espacial. Essa é uma missão muito mais autônoma. No final do testes os dois satélites irão queimar na atmosfera da Terra.

Se as empresas no futuro quiserem usar essa capacidade elas terão que acoplar uma placa magnética aos seus satélites para que eles possam ser capturados. Devido ao crescimento do problema com detritos espaciais, muitos países estão agora procurando uma maneira de eliminar seus satélites uma vez que eles encerrem sua vida útil no espaço, acabe o combustível e tudo mais. No momento, cada caçador só pode capturar um satélite, mas a Astroscale já está trabalhando numa nova versão onde o caçador terá a capacidade de capturar até 3 ou 4 satélites de uma única vez.

Fonte:

https://www.newscientist.com/article/2271533-satellite-that-can-clean-up-space-junk-with-a-magnet-about-to-launch/

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.