Empresa Chinesa Pretende Lançar Robô Espacial Para Minerar Asteroide

Uma empresa chinesa anunciou os planos de lançar um robô para fazer a mineração de um asteroide em novembro de 2020.

A Origin Space irá lançar seu primeiro robô a bordo de um foguete Long March operado pela China National Space Administration, o que segue uma ideia da China de incentivar empresas privadas a começar a minerar recursos espaciais.

A empresa, com sede em Beijing, falou que o seu robô, conhecido como NEO-1, um robô minerador espacial está mais para um prospector do que para um minerador de verdade.

Ele será usado para testar tecnologias e sequências necessárias para pousar e minerar um asteroide, que possuam recursos minerais valiosos e elementos como ouro, prata e cobalto.

O co-fundador da Space Origin, Yu Tianhong, disse que o objetivo é verificar e demonstrar múltiplas funções como manobras orbitais da espaçonave, simular a captura de um pequeno corpo celeste, e controle e identificação inteligente da nave.

A mineração de recursos espaciais tem se tornado muito popular nos últimos anos, com um grande número de empresas visando essa indústria que potencialmente é de trilhões de dólares. E isso já tem despertado a preocupação de alguns cientistas pelo mundo que temem que no final, as empresas explorem esses recursos espaciais da mesma maneira que veem explorando os recursos naturais da Terra nos últimos séculos. Uma proposta feita em 2019, pediu que 85% do Sistema Solar fosse protegido das atividades industriais.

O estudo que foi feito através de uma colaboração entre o astrofísico Martin Elvis e o filósofo Tony Milligan, delineou, o chamado princípio do 1 oitavo, o que visa evitar problemas futuros com o crescimento exponencial de algumas tendências.

Por exemplo, 1 oitavo de todo o ferro contido no cinturão de asteroides do Sistema Solar é mais de 1 trilhão de vezes maior do que todas as reservas de minério de ferro estimadas na Terra atualmente, e isso seria suficiente por séculos para a humanidade.

O crescimento populacional e as mudanças climáticas são consequências da não tomada de atitudes anteriores na Terra. O fato de se adotar esse princípio do 1 oitavo agora é a maneira mais fácil de implementar restrições, agora no início de tudo, ou melhor, antes do início, propriamente dito, do que ter que tomar essas decisões e implementar restrições posteriormente.

Fonte:

http://www.independent.co.uk/life-style/gadgets-and-tech/asteroid-mining-robot-china-origin-space-b572318.html

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.