fbpx

Das Mais Velhas Para as Mais Novas: Uma Fila de Berçários Estelares

From_oldest_to_youngest_a_line_of_star_nurseries


observatory_150105Do mesmo modo que as crianças são separadas em grupos por idade, as sementes de novas estrelas também podem ser encontradas em classes de idades similares. Isso é especialmente verdade quando o nascimento de estrelas numa nuvem de gás e poeira é disparado por um evento externo como a explosão de uma supernova próxima.

Essa imagem feita pelo Observatório Espacial Herschel da ESA mostra uma sequência de regiões de formação de estrelas na nuvem molecular W48, localizada a cerca de 10000 anos-luz de distância na direção da constelação de Aquila, a Águia.

A nuvem azulada em forma de água viva no canto inferior esquerdo é o berçário estelar mais velho na imagem. Estrelas jovens e massivas mergulhadas dentro dela tem dado forma a uma bolha e esquentado o gás difuso, fazendo com que ela brilhe nos comprimentos de onda mais longos pesquisados pelo Herschel.

À direita, outra nuvem brilhante esconde aglomerados que se desenvolverão em estrelas massivas. Esses aglomerados, alguns deles são visíveis como manchas brilhantes de luz, são também alinhados pela idade: os mais velhos estão na parte inferior esquerda e os mais jovens na parte superior direita. Os mais jovens nessa sequência é o pequeno nódulo no centro da imagem, abrigando as sementes de futuras estrelas massivas.

Os astrônomos acreditam que essa sequência de nascimento estelar é o resultado de dezenas de supernovas que explodiram a mais de 10 milhões de anos atrás numa região conhecida como SuperConcha Aquila, que está além da borda esquerda da imagem acima. Comprimindo o material ao redor, essas supernovas podem ter iniciado uma onda de formação de estrelas que provocou, um por um, esses berços estelares.

A imagem acima é uma composição dos comprimentos de onda de 70 mícron (azul), 160 mícron (verde) e 250 mícron (vermelho) e se espalha por cerca de um grau em comprimento. O norte está na parte superior esquerda e o leste está para a parte inferior esquerda. Os dados foram adquiridos pelos instrumentos PACS e SPIRE do Herschel, em Setembro de 2010, como parte do maior mapa já feito do complexo molecular W48 no HOBYS Key Programme. Essa imagem foi publicada pela primeira vez num artigo de Q. Nguyen Luong, et al. 2011. Uns estudos mais detalhados das regiões de formação de estrelas mostradas na imagem acima estão presentes num artigo de K.L.J. Rygl, et al. 2014.


Fonte:

http://www.esa.int/spaceinimages/Images/2014/06/From_oldest_to_youngest_a_line_of_star_nurseries

alma_modificado_rodape105

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.