fbpx

Cratera Kamil no Egito

Pesquisadores estudando imagens disponíveis no Google Earth descobriram uma cratera de impacto dom 45 metros de largura no sudoeste do Egito que parece ter sido criada por um meteorito ferroso a não mais de mil anos atrás.

Embora a descoberta da cratera tenha sido anunciada pela primeira vez no outono de 2008, os pesquisadores já haviam identificado o impacto em imagens de satélites feitas em 1972, diz Luigi Folco, um cosmologista químicoda Universidade de Siena na Itália. A descrição detalhada da descoberta pode ser encontrada aqui: http://tecnoscience.squarespace.com/arquivo/cratera-kamil-no-egito/

O anel da cratera egípcia localiza-se aproximadamente a 3 metros acima do assoalho central da cratera, o qual é parcialmente coberto por material distinto que foi expulso da cratera pelo impacto e se apresenta na forma de raios. Esses raios que emanam a partir do local de impacto chamaram a atenção dos cientistas. Enquanto crateras raiadas são comuns na Lua e em outros corpos celestes do sistema solar, elas são raras na Terra pois a erosão e outros processos geológicos rapidamente apagam essa evidência.

Durante expedições ao local no começo de 2009 e novamente em 2010, os cientistas encontraram mais de 5000 meteoritos ferrosos que juntos pesam mais de 1.7 toneladas. A equipe estima que o pedaço de ferro original pesava algo em torno de 5 a 10 toneladas quando despencou do céu a uma velocidade de 3.5 km/s, sendo que a maior parte do seu material se vaporizou durante a colisão.

Análises preliminares da zona de impacto sugerem que ele aconteceu em algum período entre os últimos 10000 anos, provavelmente não mais do 5000 anos atrás, diz Folco.


Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.