fbpx
27 de setembro de 2021

Cratera Australiana Fotografada Pelo Satélite Copernicus Sentinel-2A

Para comemorar o Asteroid Day que foi no sábado, dia 30 de Junho de 2018, o satélite Copernicus Sentinel-2A, sobrevoou a cratera Gosses Bluf no Território Norte da Austrália. A cratera é visível na parte central esquerda da imagem e tem cerca de 22 km de diâmetro. Provavelmente essa cratera foi formada a 140 milhões de anos atrás pelo impacto de um grande cometa ou asteroide com a superfície da Terra.

A imagem acima é mostrada em cores falsas, ou seja, as cores foram adicionadas para representar as diferentes composições, com as áreas extremamente secas com alguma vegetação visível em cores avermelhadas juntamente com os rios e lagos. As cores intensas da imagem representam a composição mineral da superfície, que é claramente visível onde não se tem vegetação. Azurita é um dos minerais explorados na região.

Uma série de montanhas baixas e estruturas de drenagem podem ser vistas na parte inferior da imagem, um resultado da erosão no decorrer dos anos. A West MacDonell Ranges pode ser vista na parte superior da imagem e é parte da Petermann Ranges que é mostrada na parte mais inferior da imagem.

A cratera está a cerca de 200 km a oeste de Alice Springs, famoso por ser o portão para o Red Centre, a região desértica no interior da Austrália.

Fonte:

http://www.esa.int/Highlights/Week_In_Images_25_29_June_2018

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo