Cavas Escuras e Sem Bordas na Região Tharsis em Marte

Duas cavas negras sem borda estão localizadas no noroeste da Ascraeus Mons, é o que mostra essa imagem. Essas cavas possuem aproximadamente 180 metros e 310 metros de diâmetro, respectivamente, e estão situadas no meio de um pequeno e negro depósito em forma de bumerangue.

Essas cavas estão alinhadas com o que parece ser uma depressão maior e degradada. O pequeno depósito pode ser constituído de material negro que foi soprado para fora das cavas ou que tem origens em outros lugares e que foram levados ate ali por ventos.

As outras imagens aqui reproduzidas mostram detalhes de ambas as cavas. Essas imagens foram altamente processadas para revelar os detalhes da superfície dentro de cada uma das cavas. A cava do leste, e a menor das cavas contém rochas e sedimentos ao longo de suas paredes e sedimentos de dunas eólicas mais brilhantes no seu assoalho. A maior das cavas a oeste contém sedimentos e rochas com padrões de dunas mais apagados visíveis no para mais profunda. Ambas as cavas possuem paredes íngremes a leste e com um mergulho mais suave a oeste que possuem transições graduais dentro do assoalho da cava. As bordas mais íngremes possuem rochas que se sobrepõem e obscurecem as paredes leste das cavas.

Um estudo cuidadoso das paredes e dos assoalhos das cavas, bem como do terreno ao redor ajudarão a revelar a complicada série de processos que devem ter sido responsáveis pela formação e pela subsequente modificação.

Fonte:

http://www.uahirise.org/ESP_019997_1975

 

 

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.