fbpx

Câmera HiRISE Registra Listra Meandrantes Em Taludes de Crateras em Marte

Essa região empoeirada de Marte possui muitas listras de talude, que acredita-se tenham se formado quando a poeira desceu pelo talude. Em alguns casos é possível apontar que a desestabilização do talude tenha disparado a avalanche de poeira.

A imagem abaixo mostra um exemplo de listra de talude que foi gerada por um pequeno evento de impacto.

Já essa outra imagem abaixo mostra uma listra de talude que parece ter sido gerada por uma poeira fantasma.

As listras de talude normalmente começam em um ponto e se abrem talude abaixo, mas elas são fortemente afetadas pelo terreno e podem ser desviadas, como mostrado abaixo, onde duas listras de talude foram desviadas ao redor da cratera.

A imagem abaixo mostra uma listra de talude pouco comum. Quase a partir do seu ponto de origem, a listra de talude se espalha em muitas ramificações que aparecem graças ao trabalho do vento através do seu caminho pelo terreno, desviando as listras dos altos topográficos de Marte.

Essa listra de talude pouco comum foi registrada pela primeira vez pela Mars Orbiter Camera no ano 2000, como mostra a imagem abaixo.

Fonte:

http://hirise.lpl.arizona.edu/ESP_022991_2070

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .