Camadas de Depósitos no Pólo Sul Marciano

Essa imagem mostra uma grande variedade de texturas da superfície dentro do resíduo da calota polar do hemisfério sul de Marte.

Essa imagem foi feita durante a primavera no hemisfério sul, quando a superfície foi coberta pelo dióxido de carbono congelado, com isso, o relevo torna-se facilmente visível. A iluminação está vindo do canto inferior esquerdo, destacando com isso grande vales a direita e plataformas redondas e irregulares a esquerda do centro da imagem.

Essas paisagens únicas são comuns no resíduo da calota polar do hemisfério sul marciano, que é conhecido a partir de imagens feitas anteriormente pela Mars Global Surveyor, como um local de rápida erosão. Esses depósitos são mais antigos que a calota residual e as camadas acredita-se registrem as variações climáticas sofridas pelo planeta vermelho, do mesmo modo que as camadas de gelo enterradas nos pólos terrestres guardam os vestígios climáticos antigos.

Fonte:

http://hirise.lpl.arizona.edu/PSP_002856_0875

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.