Imagem Mostra Cadeias e Aglomerados de Crateras Secundárias na Superfície do Asteroide Vesta

A imagem acima feita com a câmera de enquadramento da sonda Dawn da NASA mostra numerosas cadeias lineares e aglomerados de pequenas crateras. Essas cadeias e aglomerados de crateras foram criados pelo material que foi ejetado durante a formação de uma cratera maior que não aparece na imagem acima. Essas crateras são chamadas na geologia planetária de crateras secundárias pois são formadas não pelo impacto de um bólido externo e sim pelo material ejetado de um impacto primário. Na imagem acima é possível ver também uma grande cratera na sombra localizada na parte superior da imagem. As cadeias e aglomerados não se originaram dessa cratera e isso pode ser percebido pelo fato deles não estarem orientados radialmente com relação a ela, como se esperaria que eles aparecessem se tivessem originado dessa cratera.

Essa imagem está localizada no Quadrante Gegania do asteroide Vesta e o centro da imagem está localizado nas coordenadas 20.8 graus de latitude norte e 18.4 graus de longitude leste. A sonda Dawn da NASA obteve essa imagem com sua câmera de enquadramento no dia 13 de Dezembro de 2011. Essa imagem foi obtida através do filtro limpo da câmera. A distância entre a sonda Dawn e a superfície do asteroide Vesta no momento da imagem era de 196 quilômetros e a resolução da imagem é de 19 metros por pixel. Essa imagem foi adquirida já na fase LAMO, ou seja, Low Altitude Mapping Orbit, da missão Dawn no Vesta.

Fonte:

http://dawn.jpl.nasa.gov/multimedia/imageoftheday/image.asp?date=20120209

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.