BURACOS NEGROS SUPERMASSIVOS PODEM SE FORMAR A PARTIR DA MATÉRIA ESCURA

PASSE NA SPACE TODAY STORE A PATROCINADORA OFICIAL DO CANAL SPACE TODAY:

https://spacetodaystore.com/

LINK PARA A LIVE DE LANÇAMENTO DO SATÉLITE BRASILEIRO AMAZONIA-1:

https://www.youtube.com/watch?v=IfeG22r-kgI

O processo exato pelo qual os buracos negros se formam ainda é um dos grandes mistérios da astronomia, principalmente no que diz respeito ao estudo da evolução das galáxias.

Um dos grandes mistérios é, nós observamos buracos negros 800 milhões de anos depois do Big Bang.

E esse é um intervalo de tempo muito curto para termos buracos negros tão massivos, então como eles se formam para chegar tão rápido nesse tamanho?

Na visão tradicional, a fomação de um buraco negro envolve o que chamamos de matéria bariônica, ou seja, a matéria normal com a qual convivemos o tempo todo, estrelas planetas, ou seja, todos os objetos visíveis.

Então quando uam estrela de grande massa colapsa, ela ela explode como uma supernova e o caroço remanescente pode virar um buraco negro dependendo da sua massa.

Com o passar do tempo esses buracos vão crescendo em massa.

O problema disso, é que levaria muito tempo para termos buracos negros supermassivos lá no início do universo.

Então, um grupo de pesquisadores resolveu propor uma ideia alternativa para a formação dos buracos negros supermassivos.

Esse novo modelo envolve a existência de núcleos galácticos feitos de matéria escura e circundados por um halo de matéria escura.

Em determinadas condições esses núcleos poderiam colapsar e formar um buraco negro supermassivo.

A vantagem desse modelo é que esse processo aconteceria muito mais rápido do que o do colapso de estrelas e depois do crescimento.

E com esse novo modelo seria possível ter buracos negros supermassivos lá no início do universo como observamos.

Outra intrigante consequência desse modelo é que a massa crítica para se tornar um buraco negro não seria alcançada pelas galáxias anãs.

Então essas galáxias anãs não teriam no seu centro um buraco negro supermassivo, mas sim um núcleo de matéria escura.

Outra coisa que esse modelo explicaria também são as curvas de rotação das galáxias.

Esse é um estudo teórico ainda, e por isso os pesquisadores envolvidos querem cada vez mais dados, imagens, tudo que for possível para poder entender a formação dos buracos negros no inícido do universo.

Outra coisa que precisa ser resolvido nesse modelo é se o núcleo de galáxias que não são ativas, como a Vi aLáctea pode ter algum papel nesse processo.

E aí, será entao que é o colapso da matéria escura que forma os buracos negros supermasivos lá do início do do universo?

Vamos aguardar novos resultados!!!

Fontes:

https://phys.org/news/2021-02-supermassive-black-holes-dark.html

https://academic.oup.com/mnras/article/502/3/4227/6056505

#BLACKHOLES #DARKMATTER #SPACETODAY

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.