fbpx
17 de setembro de 2021

Buracos Negros – O Início da História

2016-06-24_08-44-33

Os buracos negros são objetos interessantes, desde a teoria que previu a sua existência.

Existe uma história completa da previsão da existência dos buracos negros, desde a descoberta de Newton sobre a gravidade. Aqui vou contar um breve resumo dessa história.

Usando as famosas Leis de Newton, no final dos anos 1790, John Mitchell, da Inglaterra e Pierre-Simon Laplace da França, de forma independente sugeriram a existência de uma chamada, estrela invisível. Michell e Laplace calcularam a massa, e o tamanho de que um objeto precisava ter para que a sua velocidade de escape fosse maior que a velocidade da luz, hoje chamamos isso de horizonte de eventos.

Mas em 1915, a Teoria Geral da Relatividade de Albert Einstein, previu a existência dos buracos negros de forma mais precisa e com a ajuda da teoria de Einstein, Karl Schwarzschild, descreveu com mais precisão a teoria dos Buracos Negros.

O artigo de Schwarzschild, intitulado, On The Field of Gravity of a Point Mass In Theory of Einstein, tornou-se um dos pilares dos estudos relativísticos modernos e nesse artigo, Schwarzschild apresentou suas soluções para as equações não terminadas de Einstein.

Nessa época ninguém chamava ainda a consequência dessas soluções de buraco negro, o termo só veio a ser cunhado em 1967 durante uma conferência em Nova York, quando o Dr. John Archibald Wheeler usou pela primeira esse nome para dramatizar toda a morte das estrelas que se transformam em buracos negros e toda a física que envolve a sua descrição.

Gostou de toda essa pequena história, e quer ler o artigo original de Schwarzschild, ele está aqui no final do post para quem quiser se aventurar na relatividade.

Referências:

http://www.nytimes.com/2008/04/14/science/14wheeler.html?_r=0

https://www.facebook.com/Cosmological-Astrophysics-1605673406348793/?fref=nf

alma_modificado_rodape105

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo