Buracos Negros de Galáxias Pequenas Podem Ser Intensos – Space Today TV Ep.1135

As galáxias, de forma básica, podem ser classificadas quanto a sua forma em galáxias elípticas, galáxias espirais e galáxias irregulares.

As galáxias elípticas são as maiores, formadas muito provavelmente pela fusão de galáxias menores, talvez de espirais menores, devido ao seu tamanho elas abrigam no seu centro os maiores buracos negros que os astrônomos descobrem.

As galáxias espirais, como a Via Láctea, também abrigam buracos negros no seu centro, embora esses buracos negros sejam menores.

Quando o disco de acreção dos buracos negros centrais das galáxias começa a emitir intensa radiação, acelerando a matéria à velocidades próximas da velocidade da luz e colimando essas emissões em jatos, as galáxias são ditas ativas.

E assim, além da forma da galáxia que pode ser usada na sua classificação é possível também agora usar esse tipo de atividade para classificar uma galáxia.

As galáxias ativas são classificadas em Blazars, Quasars, Galáxias do Tipo Seyfert e Rádio-Galáxias.

Basicamente o que as difere é a orientação dos jatos relativísticos. No caso dos Blazars, por exemplo, os jatos são carregados de radiação de raios-gamma, na verdade são as fontes mais intensas de raios-gamma no universo.

A questão é que esse tipo de galáxia ativa eram sempre galáxias gigantescas, porém em 2008, o FERMI, um telescópio espacial especializado em detectar raios-gamma, descobriu intensa emissão de raios-gamma vindo do centro de 3 galáxias espirais.

E aí começou toda uma discussão, seria possível galáxias menores também emitirem esses jatos de seus centros?

Recentemente um grupo de pesquisadores indianos, publicou um trabalho onde analisaram os dados de 11101 galáxias do Tipo Seyfert, um outro tipo de galáxia ativa, nesse caso, diferente dos blazars, os jatos são carregados de radiação ultra-violeta. Além do fato das Galáxias do Tipo Seyfert serem menores.

Dessas 11101 galáxias, 4 delas apresentavam um comportamento semelhando ao dos blazars emitindo intensa radiação de raios-gamma.

Somadas essas 7 galáxias seriam uma verdadeira quebra de paradigma em uma das áreas da astrofísica, já que seriam galáxias menores, ativas, e emitindo intensa radiação de raios-gamma, o que seria algo que revolucionaria a área de entendimento sobre o comportamento dos buracos negros supermassivos e sua relação com as galáxias.

Os pesquisadores agora pretendem observar de forma detalhada essas galáxias, eles precisam descobrir se essas galáxias são mesmo espirais, ou se são galáxias elípticas menores.

Se essas galáxias foram elípticas, sem problema, são apenas galáxias menores com uma fonte intensa de raios-gamma, ou seja, seriam Blazars tradicionais.

Mas se elas forem espirais, aí sim vai lugar tudo, pois os astrônomos terão descobertos que em determinadas condições, as galáxias espirais, muito menores, podem se tornar ativas e emitir intensa radiação de raios-gamma.

Essa descoberta pode indicar diferenças importantes entre Galáxias do Tipo Seyfert e Blazars.

Esse tipo de estudo é muito importante, como eu sempre falo aqui, um dos pontos cruciais em se entender a evolução do universo, está no entendimento do comportamento co-evolutivo entre as galáxias e seus buracos negros, e são estudos como esses que mostram que essa relação é realmente muito complexa e por isso é tão complicado entender como o universo evolui.

Vamos aguardar novos estudos, e assim que eles forem publicados trago vídeo aqui no canal.

Fonte:

https://phys.org/news/2018-02-black-holes-small-galaxies-emit.html

Artigo:

https://arxiv.org/pdf/1801.01905.pdf

Padrim do Space Today Para a Volta das Lives!!!

https://www.padrim.com.br/spacetoday

Seja meu Patrão:

http://www.patreon.com/spacetoday

=====================================================

Seja um apoiador do Space Today:

https://apoia.se/spacetoday

=====================================================

Conheça a Agência Marcos Pontes e torne o seu sonho de conhecer o ESO em realidade:

http://www.agenciamarcospontes.com.br

http://www.agenciamarcospontes.com.br/visita-observatorios-telescopios-eso-atacama-viagem.php

=====================================================

Seja meu Patrão:

http://www.patreon.com/spacetoday

=====================================================

Apoio e apresentação:

http://deviante.com.br

A nova casa do SciCast

=====================================================

Science Vlogs Brasil:

https://www.youtube.com/channel/UCqiD87j08pe5NYPZ-ncZw2w/featured

http://scienceblogs.com.br/sciencevlogs/

https://www.youtube.com/channel/UCqiD87j08pe5NYPZ-ncZw2w/channels?view=60

=====================================================

Meus contatos:

BLOG: https://spacetoday.com.br

FACEBOOK: http://www.facebook.com/spacetoday

TWITTER: http://twitter.com/spacetoday

YOUTUBE: http://www.youtube.com/spacetodaytv

Obrigado pela audiência e boa diversão!!!

=====================================================

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.