Bolhas Dentro de Bolhas

galacticbubbles

observatory_150105Essa imagem infravermelha é um impressionante exemplo do que chamamos de estrutura de bolhas hierárquicas, onde uma bolha gigante, esculpida na poeira do espaço por estrelas massivas, dispara a formação de bolhas menores. A bolha maior toma a parte central da imagem enquanto que duas outras bolhas menores, podem ser vistas em amarelo, dentro do seu anel.

O Telescópio Espacial Spitzer da NASA fez essa imagem em infravermelho. A família de múltiplas bolhas foi encontrada por voluntários participantes do Projeto Milk Way (www.milkwayproject.org). Esse projeto de ciência cidadã, uma parte do Grupo Zooniverse, permite que qualquer um com um computador e uma conexão com a internet possa ajudar os astrônomos, pesquisando nas imagens do Spitzer por bolhas infladas na fábrica da nossa Via Láctea.

As bolhas são formadas pela radiação e pelo vento das estrelas massivas, que esculpem buracos dentro das nuvens de poeira ao redor. À medida que o material é varrido, acredita-se que algumas vezes dispare a formação de novas estrelas massivas, que por sua vez, inflam suas próprias bolhas. As imagens no Projeto Milk Way são do Spitzer´s Galactic Legacy Infrared Mid-Plane Survey Extraordinaire, ou Glimpse, que está mapeando o plano da nossa galáxia em todas as direções. Até Junho de 2013, 130 graus do céu já haviam sido pesquisados e os dados lançados. A visão completa de 360 graus, que inclui as regiões mais externas da nossa galáxia, localizadas muito longe do centro, é esperada para sair em breve.

Fonte:

http://www.wired.com/wiredscience/2013/01/space-photo-of-the-day-2/?pid=7112

alma_modificado_rodape105

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo