BLANETS – OS PLANETAS DOS BURACOS NEGROS| SPACE TODAY TV EP2293

VISITE A LOJA DO SPACE TODAY:

https://spacetodaystore.com

INSCREVA-SE NO CURSO DE ASTRONOMIA DO SPACE TODAY:

https://academyspace.com.br

Nós temos mais ou menos a ideia de como nascem os planetas.
No disco proto planetário das estrelas jovens, re- pleto de gão e poeira, esses elementos começam a se aglutinar até que os planetas se formem.
Então guardem bem essa informação, a matéria prima para a formação de planetas é o gás e a poeira.

No centro da maior parte das grandes galáxias os astrônomos já sabem que existe um buraco negro supermassivo com milhões de vezes a massa do Sol.

Em algumas situações, principalmente nos chamados núcleos ativos de galáxias, ao redor do buraco negro supermassivo é possível encontrar um grande disco da porta e gás.

Assim, considerando que para se formar planetas é preciso gás e poeira e considerando tambem que os buracos negros supermassivos em núcleos ativos de galáxias possuem uma grande quantidade de poeira e gás, um grupo de pesquisadores japoneses fez a seguinte proposta teórica.
O disco de poeira e gás ao redor dos buracos negros poderia dar origem a muitos objetos parecidos com planetas.

Talvez milhares dependendo do suprimento de material no disco.
Os pesquisadores escreveram um artigo onde avaliam vários detalhes sobre a formação desses objetos.

Alguns detalhes importantes, o tamanho desses objetos poderia ser até 3000 vezes maior que a Terra, e ter uma massa 6 vezes maior que a do nosso planeta.

Esses planetas estão sendo chamados pelos pesquisadores de Blanets, ou seja, Black Hole Planets, os Planetas dos Buracos Negros.

Porém esse são objetos únicos devido à todo o ambiente que os cerca, eles não serram nem parecidos com a Terra e nem com os gigantes gasosos, ou seja, serram uma das se inteiramente nova de objetos.
Esse trabalho atualmente é apenas teórico.

O núcleo ativo de Galáxia, mais próximo da Terra é a Centaurus A, que está a 11 milhões de anos-luz de distância, bem além da nossa capacidade atual de detectar planetas fora do Sistema solar.

Mas se por acaso eles existirem, pode-se então levantar uma nova discussão, será que eles seriam capazes de abrigar a vida.

E aí temos que lembrar de outro filme, o Interestelar onde os astronautas saem da Terra em busca de planetas potencial. mente habitáveis na órbita do Gargantua, o buraco negro supermassivo do filme.

Provavelmente, esses planetas não serão habitáveis, mas isso não é motivo para parar a procura. Ou serão?

E aí, a vida pode imitar a arte, nesse caso?

Deixem nos comentários o que acharam dos Blanets.

Fonte:

https://arxiv.org/pdf/2007.15198.pdf

#BLANETS #BLACKHOLES #SPACETODAY

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.