fbpx
23 de fevereiro de 2024

Atualizando Sobre Desastres: Mancha de Óleo e Vulcão

Uma nova imagem feita com o Moderate Resolution Imaging Spectroradiometer (MODIS) a bordo do satélite Aqua da NASA feita em 11 de Maio de 2010 mostra que os danos causado pelo naufrágio da plataforma petrolífera Deepwater Horizon continua a lançar significantes quantidades de óleo no Golfo do México.

As manchas de óleo no oceano tornan-se visíveis para os satélites quando aparecem nas chamadas regiões de incidência de luz solar – onde um efeito de reflexão como um espelho é gerado. Nesses casos a diferença entre a água atingida pelo óleo e a superfície do oceano limpo é ampliada. A mancha aparece como um pedaço cinza prateado no centro da imagem. O Delta do Mississipi aparece no canto superior esquerdo da imagem. A quantidade de nuvens na região impede que se determine a existência de outras partes do oceano que estejam sendo atingidas pelo vazamento de óleo.

Enquanto isso do outro lado do mundo o vulcão islandês (que ainda não sei se é mais difícil escrever ou falar o seu nome), continua vivo e ativo. Quem desejar acompanhar a sua atividade em tempo real, basta clicar nesse link: http://eldgos.mila.is/eyjafjallajokull-fra-thorolfsfelli/

Fontes:

http://eldgos.mila.is/eyjafjallajokull-fra-thorolfsfelli/

http://spacefellowship.com/news/art20140/oil-keeps-on-spreading-in-the-gulf-of-mexico.html

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo