Astrônomos Registram 73 Intrigantes Explosões Estelares De Rápida Evolução

Uma equipe de astrônomos da Universidade de Southampton, no Reino Unido, descobriu 73 transientes de rápida evolução, eventos muitos brilhantes e que acontecem de forma muito rápida, em uma recente pesquisa e ainda estão tentando explicar a sua origem.

Miika Pursiainen do Departamento de Física e Astronomia da Universidade de Southampton e co-autores descobriram os transientes de rápida evolução nos dados do projeto Dark Survey Supernova Programme, ou DES-SN.

“O DES-SN procura por supernovas, a explosão de estrelas massivas no final de suas vidas”, disseram eles.

“Uma explosão de supernova pode brevemente ser tão brilhante como toda uma galáxia, que é formada por centenas de bilhões de estrelas”.

“Nós descobrimos o maior número desses rápidos eventos até o momento”.

Mesmo para fenômenos do tipo transiente, esses transientes de rápida evolução são muito peculiares: enquanto eles têm um brilho máximo similar a diferentes tipos de supernovas, eles são visíveis por menos tempo, entre uma semana e um mês. Em contraste com as supernovas que podem durar até meses.

Os eventos parecem ser tanto quente, com temperaturas entre 10 mil e 30 mil graus Celsius, como grandes, tendo centenas de vezes o tamanho entre a Terra e o Sol. Eles também parecem se expandir e resfriarem à medida que evoluem com o tempo, como seria esperado num evento explosivo como uma supernova.

O debate ainda existe sobre a origem desses transientes.

“Um cenário possível é que a estrela expele uma grande quantidade de material antes da explosão de supernova, e em casos extremos ela poderia ser completamente envelopada por uma concha de matéria”, disseram os astrônomos.

“A supernova por si só, pode então aquecer o material ao redor até altas temperaturas. Nesse caso nós podemos ver a nuvem quente, ao invés da própria estrela explodindo”.

Para confirmar qualquer uma dessas hipóteses, os pesquisadores precisam de mais dados.

“Nós planejamos continuar nossa pesquisa pelos transientes, e tentar estimar o quão frequente eles são comparados com as supernovas”, disseram os astrônomos.

Os astrônomos apresentaram os resultados dessa pesquisa na European Week of Astronomy and Space Science, a EWASS que está acontecendo em Liverpool, no Reino Unido.

Fonte:

http://www.sci-news.com/astronomy/rapidly-evolving-transients-05879.html

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.