ASTRÔNOMOS DESCOBREM COMO OS BURACOS NEGROS CRESCEM NO UNIVERSO | SPACE TODAY TV EP2229

ENTRE NA COMUNIDADE SPARKLE DO SPACE TODAY NO HOTMART:

https://sparkle.onelink.me/twwu/spacetoday

——————————————————————–
VISITE A LOJA DO SPACE TODAY:

https://www.spacetodaystore.com

——————————————————————–

SEJA MEMBRO DO SPACE TODAY E AJUDE COM A CRIAÇÃO DE CONTEÚDO SÉRIA NA ÁREA DE ASTRONOMIA:

https://www.patreon.com/spacetoday

https://apoia.se/spacetoday

https://www.youtube.com/channel/UC_Fk7hHbl7vv_7K8tYqJd5A/join

——————————————————————–

Os buracos negros e a maneira como eles crescem são fundamentais para que possamos entender como as galáxias evoluem no universo.

E como as galáxias são os blocos fundamentais que constituem o universo, esse entendimento afeta a maneira como entendemos o próprio universo em que vivemos.

Por esse motivo muitos astrônomos passam boa parte da vida tentando entender como os buracos negros se desenvolvem, e até mesmo como eles crescem de forma conjunta com as suas galáxias hospedeira.

Basicamente existem duas maneiras para um buraco negro crescer.

Ou ele agrega material ao seu redor ou ele se funde com outro buraco negro.

Um grupo de pesquisadores descobriu que a maneira como o buraco negro cresce depende do seu tamanho e da sua localização na linha do tempo do universo.

No universo local, ou próximo, os buracos negros menores crescem agregando matéria, enquanto que os maiores crescem via fusões com outros buracos negros.

Já no universo primordial, no universo distante, as coisas se revertem, os buracos negros menores crescem por fusão e os maiores crescem agregando material.

Tudo isso que os astrônomos fizeram foi um modelo para entender como pode ser o crescimento dos buracos negros no universo.

Com os buracos negros próximos o modelo foi testado e se ajustou relativamente bem, mas agora precisam testar com os mais distantes.

E eles esperam fazer isso usando as ondas gravitacionais.

Uma série de observatórios de ondas gravitacionais vem por aí, entre eles, o LYNX, o ATHENA, o AXIS e o LISA.

Com isso será possível comprovar ou não o modelo proposto.

O modelo, por enquanto, servirá para ajudar a guiar as observações e futuras detecções.

Até agora os astrônomos já descobriram grandes bebês, no berçário de buracos negros, agora eles querem saber quem são seu pais.

Lembrem-se, entender a evolução dos buracos negros, nos leva a entender melhor a própria evolução do universo.

Fontes:

https://phys.org/news/2020-06-scientists-growth-black-holes.html

https://arxiv.org/pdf/2004.07246.pdf

#BLACKHOLE #AAS236 #SPACETODAY

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.