Astrônomos Descobrem 8 Candidatos a AGNs Duplos Que Estavam Escondidos

Astrônomos descobriram oito candidatos a duplos AGNs, a maior amostra de buracos negros supermassivos escondidos nos últimos estágios de fusão entre galáxias, selecionada, usando o telescópio espacial WISE da NASA. Esse resultado será apresentado nessa sexta-feira, dia 28 de Junho de 2019 no encontro anual da European Astronomical Society em Lyon, França.

Campanhas observacionais e estudos teóricos têm mostrado que buracos negros supermassivos residem no centro da maior parte das galáxias e que as interações entre as galáxias são comuns no universo. Como resultado disso, as galáxias crescem de forma hierárquica através das colisões, que também abastecem e consequentemente fazem com que os buracos negros supermassivos também cresçam no seu centro.

Fusões que estão no estágio final, devem, de fato, hospedar dois buracos negros supermassivos de agregação, ou núcleos ativos de galáxias, os AGNs, evidência não ambígua para uma fusão que está acontecendo, com a separação entre os dois buracos negros sendo menos de 10 kpc, o que é previsto para facilitar o crescimento mais rápido dos buracos negros. Porém, décadas de campanhas observacionais, demonstram que é muito raro encontrar esses dois buracos negros supermassivos de agregação.

Não somente, a existência, a frequência, e a taxa de acreção desses sistemas duplos de AGNs, têm implicações astrofísicas importantes, na formação e crescimento dos buracos negros supermassivos e a sua conexão com as galáxias hospedeiras onde eles residem, mas esses pares são os precursores das fusões de buracos negros supermassivos, que certamente serão os eventos das ondas gravitacionais mais intensas no universo, uma área de estudo onde se tem muito interesse atualmente.

No estudo que será apresentado, a equipe de cientistas também relata, usando raios-X de grande resolução espacial, dados do infravermelho próximo e diagnósticos feitos com espectroscopia ópticas, um caso de um triplo conjunto de buracos negros de agregação com separações mútuas inferiores a 10 kpc, na galáxia SDSS J084905.51+1114447.2.

A dinâmica de um sistema triplo de buracos negros pode reduzir imensamente a escala de tempo de fusão entre dois buracos negros.

A descoberta sugere que esse pode ser um mecanismo importante para levar à fusão de dois buracos negros e consequentemente a geração de ondas gravitacionais.

Além disso, interações triplas podem resultar num efeito de estilingue, ejetando um dos buracos negros a uma velocidade tão alta que ele poderia escapar da galáxia.

Os resultados apresentados demonstram o poder verdadeiro da seleção de alvos usando dados do infravermelho médio, é possível selecionar casos de candidatos a duplos AGNs, que escaparam da seleção feita com os dados ópticos, e agora se tem um método onde é possível até mesmo selecionar galáxias triplas em fusão e encontrar mais AGNs triplos.

Fonte:

https://phys.org/news/2019-06-astronomers-dual-agn-candidates.html

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.