Astrobotic Ganha Contrato Para Estudar Missão Para o Polo Sul Lunar

A empresa Astrobotic anunciou que é uma das duas empresas selecionadas pelo programa Commercial Lunar Payload Services da NASA, o CLPS, para enviar uma missão para estudar o Polo Sul da Lua.

A missão irá levar instrumentos da NASA para investigar elementos voláteis na Lua como hidrogênio e oxigênio, que pode ser um dia usado pela NASA e pelo setor privado para suportar a vida dos astronautas e para gerar combustível.

O contrato de estudo ganho pela Astrobotic irá analisar como o lander lunar da Astrobotics, o Griffin e o seu rover Polaris, pode levar para o nosso satélite os instrumentos de detecção de voláteis para o Polo Sul Lunar. A missão também irá pavimentar o caminho para a missão do pouso do ser humano na Lua em 2024 e irá buscar o local para o pouso dos astronautas da NASA no nosso satélite.

“A habilidade de detector, extrair e processar hidrogênio e oxigênio na Lua é algo muito promissor para dramaticamente reduzir os custos de viver e trabalhar no espaço, e o Griffin e o Polaris foram desenvolvidos para buscar exatamente esse tipo de oportunidade de recursos na Lua”, disse John Thorton, CEO da Astrobotic. “O Griffin e o Polaris estão sendo produzidos por anos e ambos são complementares às capacidades de serviços cislunar o nosso lander lunar Peregrine que irá ser demonstrado quando voar em 2021. Como um resultado da nossa abordagem de linha de produto para a logística lunar, esses três veículos, compartilham partes comuns, componentes e filosofia de desenvolvimento. Quando o Peregrine voar em 2021, muitas das nossas abordagens e dos nossos equipamentos estarão sendo validados para o Griffin e para o Polaris”, disse ele.

Griffin é um lander lunar de linha de produção que irá carregar 400 kg de instrumentos não tripulado para a Lua. Com a capacidade robusta do Griffin, a superfície lunar está aberta para companhias, governos, universidades e pessoas para uma nova geração de atividades na superfície lunar. O Polaris é um caminhão lunar comercial capaz de levar 90 kg de carga de forma móvel pela superfície lunar para numerosas missões incluindo a prospecção de recursos, a utilização de recursos in-situ, o retorno de amostras, a produção de combustível, demonstração de tecnologia, travessias de longa distâncias e outros tipos de missões.

Com esse estudo da NASA acontecendo e 29 acordos para carga de 8 países assinados para a missão Peregrine Mission One, a Astrobotic está fazendo com que a Lua seja acessível para o mundo com um serviço de ponta a ponta e para as indústrias robóticas espaciais.

A Astrobotic Technology, Inc., é uma empresa robótica espacial que tem como objetivo deixar o espaço acessível para o mundo. O lander lunar da empresa, Peregrine, levará carga e instrumentos para a Lua de companhias, governos, universidades, ongs, e pessoas por 1.2 milhão de dólares por quilograma. A Astrobotic foi selecionada pela NASA em Maio de 2019 para um contrato de 79.5 milhões de dólares para levar instrumentos para a Lua em 2021. A empresa também, tem mais de 30 contratos em andamentos com a NASA, uma parceria comercial com a Airbus DS, um patrocínio corporativo com a DHL, e 29 instrumentos e cargas assinados para a primeira missão do Peregrine para a Lua. A empresa é também parceira oficial da NASA através do Lunar Catalyst Program, a Astrobotics foi fundada em 2007 e a sua sede fica em Pittsburgh, PA.

Fonte:

http://www.spacenewsfeed.com/index.php/news/3331-astrobotic-awarded-nasa-study-contract-for-polar-mission-to-the-moon

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.