Aproveite a Super Lua – Infográfico Mostra Como Observar a Lua

moon-observing-120921a-02

observatory_150105O único satélite natural da Terra, é um objeto espetacular mesmo quando observada a olho nu. Com um pequeno telescópio ou um par de binóculos, a visão é ainda mais sensacional. Planícies escuras chamadas de mares, crateras profundas e raios brilhantes de material ejetado salpicam a superfície rugosa da Lua.

À medida que a Lua orbita a Terra, ela sempre mantém a mesma face voltada para o nosso planeta. A parte permanentemente escondida é propriamente chamada de lado escura da Lua. De fato, a parte da Lua que é escura muda constantemente. A parte que é iluminada indica a fase da Lua. Um ciclo completo de fases dura 29.53 dias, ou um mês lunar.

Em 1500 não existiam telescópios, mas Leonardo da Vinci foi capaz de observar que a parte escura da Lua ainda mantinha um brilho um pouco apagado. Ele corretamente assumiu que esse brilho era devido à luz da Terra.

À medida que Lua segue sua órbita, ela vai pra frente e para trás um pouco, num fenômeno chamado de libração. Isso permite que as pessoas consigam ver um pouco além da borda do lado escuro. Aproximadamente 59% de toda a superfície lunar é visível da Terra.

Hoje em dia, a Lua já foi extensivamente mapeada por satélites orbitais e até mesmo pelos visitantes humanos que lá andaram na década de 1970. No entanto, a vista da Lua da Terra ainda é uma visão de tirar o fôlego. E nesse domingo, 23 de Junho ela nos brindará com outra surpresa, a Super Lua, aprenda como observar a Lua no infográfico acima.

Fonte:

http://www.space.com/17702-how-observe-moon-skywatching-infographic.html

alma_modificado_rodape105

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo