A Terra, A Lua e Estrelas, Isso Mesmo Estrelas Em Imagem da OSIRIS-REx

Como parte de testes de engenharia, a sonda OSIRIS-REx, da NASA capturou essa imagem da Terra e da Lua usando a sua NavCam1, no dia 17 de Janeiro de 2018, a uma distância de 63.6 milhões de quilômetros. Quando a câmera adquiriu a imagem, a sonda estava se movendo para longe da Terra, a uma velocidade de 8.5 quilômetros por segundo.

A Terra, obviamente, é o maior e mais brilhante ponto no centro da imagem, com o menor e mais apagado sendo a Lua que aparece na direita. Para quem diz que não dá para ver estrelas em imagens feitas pelas sondas da NASA, aí está a prova que dá, algumas constelações, podem ser vistas ao redor da Terra e da Lua. O brilhante aglomerado de estrelas no canto superior esquerdo é as Plêiades na constelação de Touro. Hamal, a estrela mais brilhante da constelação de Aries, está localizada no canto superior direito da imagem no meio de cinco estrelas que fazem parte da cabeça da constelação de Cetus.

A NavCam1, é uma câmera que faz imagens em tons de cinza, e é parte do conjunto de câmeras de navegação chamado de TAGCAMS, ou Touch-And-Go Camera System. A empresa Malin Space Science Systems, desenhou, construiu e testou o sistema TAGCAMS. A empresa Lockheed Martin integrou o sistema TAGCAMS à OSIRIS-REx e opera a TAGCAMS.

Crédito: NASA/Goddard/University of Arizona/Lockheed Martin

Fonte:

https://www.nasa.gov/image-feature/goddard/2018/osiris-rex-captures-new-earth-moon-image

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.