A Supernova de Tycho de 1572

A supernova de Tycho, o círculo vermelho visível no canto superior esquerdo da imagem aqui reproduzida é a SN 1572 e é na verdade a parte remanescente de uma explosão estelar nomeada em homenagem ao astrônomo Tycho Brahe, embora ele não tenha sido a única pessoa a observar e registrar a supernova. Quando a supernova apareceu pela primeira vez em Novembro de 1572, ela era tão brilhante quanto Vênus e podia ser vista até mesmo de dia. Nos dois anos seguintes, a supernova foi se apagando até que não podia mais ser vista a olho nu. Nos anos de 1950, os remanescentes da supernova podiam ser vistos novamente com a ajuda de telescópios.

Quando a estrela explodiu, ela enviou uma onda de de material que a envolvia esculpindo assim o gás e a poeira interestelar a medida que a onda avançava, como se fosse um trator arando a terra. A onda de choque em expansão viajou até as imediações e refletiu retornando outra onda de choque que chegou nas partes remanescentes da estrela. Observações prévias do Telescópio Espacial Spitzer da NASA indicam que a natureza da luz que o instrumento WISE observa da remanescente da supernova é a emissão de poeira aquecida pela onda de choque.

A direita da supernova está a nebulosa de formação de estrelas de gás e poeira denominada S175. Essa nuvem de material está localizada a 3500 anos-luz de distância da Terra e tem 35 anos-luz de comprimento. Ela é aquecida pela radiação das estrelas jovens e quentes localizadas no seu interior, a poeira dentro da nuvem também irradia no infravermelho.

Fonte:

http://www.stumbleupon.com/su/2FH1Fv/www.dailygalaxy.com/my_weblog/2010/07/image-of-the-day-tycos-supernova-of-1572.html/r:t

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.