fbpx

A Região das Crateras Lacus Mortis e Bürg na Lua


Qual a relação existe entre a Bürg e a Lacus Mortis, na Lua? Obviamente a Bürg é mais jovem pois ela se localiza no topo da Lacus Mortis. E a Bürg é mais jovem do que a lava que preenche o interior da Lacus Mortis. É peculiar que duas cadeias do anel da Lacus Mortis se encontram no centro tendo a Bürg um pouco a leste, e que exista ali um pouco do material continuo ejetado da Bürg neste lado. É a lava a oeste da Bürg mais jovem que a cratera, cobrindo o material ejetado? Olhando no mosaico obtido pela sonda LRO, pode-se ver que existem algumas crateras em um pedaço de mar um pouco a oeste da Bürg, mais do que em qualquer lugar na metade oeste do interior, então a resposta é sim. O canal é mais velho do que a Bürg, pois em algumas partes ele é preenchido pelo material ejetado da cratera. É menos claro se a falha que se transformou no canal é afetada pelo material ejetado da Bürg – ele poderia ter se formado depois da cratera. Não se sabe ainda por que tantas feições tectônicas ocorrem na Lacus Mortis e em toda a sua metade oeste. A Lacus Mortis não é uma cratera de interior fraturado, ela só é uma cratera peculiar.

Fonte:

https://lpod.wikispaces.com/September+20%2C+2011


Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .