A Parte Remanescente da Tempestade Tropical Chantal É Fotografada Pelo Satélite GOES-West

9254714741_b7ce4bd3de_o

observatory_150105Nessa imagem feita pelo satélite GOES-West às 9:00, hora de Brasília, do dia 10 de Julho de 2013, pode-se observar que a apresentação no satélite da Chantal tinha se deteriorado de forma marcante e ele quase não pôde ser classificado pela técnica de Dvorak, um método que usa imagens de satélite para estimar a intensidade de uma sistema tropical. O anúncio das 5:00 p.m do National Hurricane Center, no mesmo dia indicou que a Chantal foi degenerada numa onda tropical.

Fonte:

http://www.nasa.gov/content/remnants-of-tropical-storm-chantal/#.Ud-BW0G1HTo

 

alma_modificado_rodape105

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo