fbpx

A Nebulosa Planetária Sh2-174

valentinesrose

observatory_150105A imagem acima mostra uma nebulosa planetária que para alguns pode sugerir uma rosa, e foi obtida com a visão de campo vasto da câmera Mosaic 1 do National Optical Astronomy Observatory (NOAO) montada no telescópio Mayall de 4 metros no Observatório Nacional de Kitt Peak.

Chamado de Sh2-174, esse objeto é uma nebulosa planetária pouco comum. Uma nebulosa planetária é criada quando uma estrela de pouca massa expele suas camadas externas no estágio final de sua vida. O núcleo da estrela permanece e é chamado de anã branca. Normalmente a anã branca pode ser encontrada perto do centro da nebulosa planetária. Mas no caso da Sh2-174 ela está deslocada do centro para a direita. A anã branca nesse caso é a estrela bem azul perto do centro do gás azul. Essa assimetria se deve à interação da nebulosa planetária com o meio interestelar que a circunda.

A imagem acima foi gerada por Travis Rector, da Universidade do Alasca em Anchorage, a partir de observações feitas através de quatro diferentes filtros que deram à imagem uma aparição aproximada ao que o olho humano veria. Os filtros usados foram B (azul), I (laranja), Hidrogênio-alfa (vermelho) e o Oxigênio [OIII] (azul). Nessa imagem o norte está para cima e o leste está para a esquerda.

Fonte:

http://www.wired.com/wiredscience/2013/01/space-photo-of-the-day-2/?pid=6288

alma_modificado_rodape105

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo