A Miragem da Ponte Mckinac em Michigan

miragem_mckinac_01

observatory_150105David N. Hart, registrou a Ponte Mackinac em Michigan, nos EUA com sua estrada central de 1158 metros e seus cabos de forma espelhada. Seções de aproximação da pista não são visíveis, porém, nessa miragem.

O ar quente abaixo do ar frio é o responsável por esse efeito chamado de miragem inferior, denominado assim pois a imagem da miragem é vista abaixo do que nós observamos normalmente.

Os raios de luz da ponte são refratados enquanto eles atravessam os gradientes de temperatura entre as camadas horizontais de ar.

A extensão da refração é normalmente pequena e nesse evento a miragem só é evidente perto do horizonte e quando o objeto está a uma certa distância. David Hart, estava a aproximadamente 16 milhas de distância entre Cheboygan e a Ilha Bois Blanc no Lago Huron. Ele estava a aproximadamente 5.5 pés acima do nível da água. As miragens podem se alterar dramaticamente com a altura.

Como normalmente acontece com as miragens inferiores, a imagem vista na miragem é invertida, mas as miragens inferiores podem ser muito mais complexas.

Essa miragem mostra o efeito conhecido como linha do desaparecimento de forma muito clara. A ponte é espelhada num nível levemente abaixo do vão central da pista. Tudo abaixo disso é desaparecido. O horizonte verdadeiro é invisível nessa imagem dando lugar a um céu de miragem. O horizonte aparente observado acima é na verdade a borda inferior da miragem.

O diagrama de raios abaixo exagera a escala vertical e a curvatura dos raios para tentar exemplificar melhor esses efeitos.

Dois raios da parte superior da ponte (A) atingem o nosso olho. O raio superior é levemente curvado para baixo em direção ao ar mais quente. O raio inferior é curvado de forma nítida e parece para o nosso olho como viesse de uma reflexão na água. Os raios da parte inferior (B) fazem o mesmo. Na posição (C) já é diferente. Somente um raio atinge o nosso olho. Raios vindos das partes inferiores ao ponto (C) não podem atingir o nosso olho, de modo que essa parte da ponte se torna invisível.

O nível (C) é o nível da miragem onde está a linha de desaparecimento. A visão real e a imagem invertida se juntam nessa linha de desaparecimento e olho não pode ver detalhes da cena localizada abaixo dessa linha. Quanto mais distante estiver um objeto, mais alta será a linha do desaparecimento. Nessa miragem observada a 16 milhas de distância a linha de desaparecimento é relativamente alta.

miragem_mckinac_02

Fonte:

http://www.atoptics.co.uk/fz867.htm

alma_modificado_rodape105

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.