A Lua Nova Crescente

LPOD-Jul9-13

observatory_150105Thierry Legault é um dos melhores astrofotógrafo do mundo, principalmente no que diz respeito a fazer imagens lunares e planetárias. Quem não o conhece ainda, dê uma passada em seu site e poderá comprovar as belas imagens que ele consegue fazer, de trânsitos da ISS, da própria estação e até mesmo de astronautas realizando caminhadas espaciais. A imagem acima é outra belo registro de sua coleção. Na imagem é possível ver um risco da Lua crescente. Porém, a idade da Lua nessa imagem é exatamente zero. Então como que ele conseguiu registrar esse filete do nosso satélite? Com um belo trabalho de cálculo aliado aos softwares disponíveis hoje de planetários ele percebeu que a Lua estaria a uma distância de 4.4 graus do Sol, uma pequena distância, mas o suficiente e o ideal para fazer com que uma fina linha pudesse ser observada. Mas se você pensa que essa foto é o resultado de apenas uma imagem, se prepare, na verdade ele teve que somar, ou empilhar, 400 imagens para poder chegar nesse belo resultado. Abaixo, está uma imagem que mostra o aparato usado por Thierry para poder fazer essa imagem espetacular. Logicamente não podemos aprender nada de novo sobre o nosso satélite a partir de uma imagem como essa, mas o desafio, a paciência, a perseverança do astrofotógrafo em sempre buscar imagens do impossível faz dessa uma imagem muito especial.

nm_100414_telescope1

Fonte:

http://lpod.wikispaces.com/July+9%2C+2013

Site do Thierry:

http://legault.perso.sfr.fr/

alma_modificado_rodape105

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.