A Estrela LL Ori e a Sua Interação Com a Nebulosa de Orion

As estrelas podem criar ondas no mar de gás e poeira da Nebulosa de Orion. Essa imagem detalhada e estética das nuvens cósmicas e dos ventos estelares, mostra a estrela LL Orionis, interagindo com o fluxo da Nebulosa de Orion. À deriva no berçário estelar de Orion, e ainda nos anos de sua formação, a estrela variável LL Orionis, produz um vento mais energético do que o vento gerado por uma estrela de idade média como o Sol. À medida que o vento estelar rápido corre dentro do gás lentamente em movimento, uma onda de choque é formada, algo análogo ao que acontece om um navio se movendo na água ou um avião viajando à velocidades supersônicas. A bela, pequena e arqueada estrutura logo acima e à esquerda do centro é a onda de choque da LL Ori, medindo cerca de meio ano-luz de diâmetro. O gás mais lento está se movendo para longe do aglomerado central de estrelas da Nebulosa de Orion, o Trapézio, localizado no canto superior esquerdo, porém fora da imagem. Em três dimensões, a onda de choque da LL Ori tem a forma de taça que aparece mais brilhante quando observada ao longo da sua borda inferior. Essa bela imagem é parte de um grande mosaico do complexo berçário estelar de Orion, preenchido com uma miríade de formas fluídas associadas com a formação de estrelas.

Fonte:

https://apod.nasa.gov/apod/ap180218.html

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.