A Cratera Matisse e Suas Vizinhas Coloridas na Superfície de Mercúrio

EW0259266840G.3band.mapped


observatory_150105A imagem acima é uma visão colorida das vizinhanças da Cratera Matisse, cratera essa que foi observada pela sonda MESSENGER durante o sobrevoo da sonda pelo planeta Mercúrio em 2008 (imagem abaixo). Duas crateras sem nomes se formaram tangencialmente ao anel da Matisse (uma dentro do anel e outra fora). Essas crateras possuem depósitos laranjas brilhantes em seus assoalhos. A alta refletância e um talude espectral maior do que a média (vermelho) cria a aparência laranja nessa imagem colorida. Essas características de cores são encontradas em muitos outros locais de Mercúrio onde as erupções vulcânicas piroclásticas ocorreram.

EN0108821375M


A imagem acima foi adquirida como sendo uma observação colorida planejada de alta resolução. Observações coloridas planejadas são imagens feitas de uma pequena área da superfície de Mercúrio com resoluções maiores do que 1 quil6ometro por pixel, usadas no mapa base de 8 cores. Durante a missão primária de um ano da sonda MESSENGER, centenas de observações coloridas planejadas foram obtidas. Durante a missão estendida da sonda MESSENGER, observações coloridas planejadas de alta resolução serão mais raras, já que o mapa base de 3 cores cobriu o hemisfério norte de Mercúrio com as imagens coloridas de mais alta resolução possível.

Fonte:

http://messenger.jhuapl.edu/gallery/sciencePhotos/image.php?page=1&gallery_id=2&image_id=1278

alma_modificado_rodape1055

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo