fbpx

A Cratera Mal Localizada Na Lua

Algumas pessoas tem azar no amor, essa cratera, por exemplo, tem azar de estar localizada onde está. Quando o astrônomo Peter Rosén processou sua excelente imagem da Copernicus ele notou essa cratera truncada no Quick Map da LRO. A cratera com 3.4 km de largura está sendo consumida pelos flancos de uma montanha sem nome localizada aproximadamente entre a Euler e a parte final oeste dos Carpathians na parte oeste Imbrium. Provavelmente, a cratera, se formou perto da montanha enquanto ela era uma perfeita cratera arredondada. Mas com os tremores lunares associados com a sua formação, ou por uma acumulação de tremores posteriores fez com que o material escorregasse pela face da montanha e se espalhasse um pouco mais pelo terreno ao redor e pelo anel da cratera azarada. Esse material é chamado de monte pedras e se forma pelo movimento de massa na Terra, em Marte, Titã e até mesmo na Lua, e provavelmente também em Mercúrio e em Vênus. A gravidade puxa esse material talude abaixo. Olhando em detalhe, esse amontoado se estende mais para dentro da cratera do que em outras direções sugerindo que o impacto da cratera gerou o soterramento parcial.

Fonte:

http://lpod.wikispaces.com/September+11%2C+2012

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .