A Caminho da Carina

A estrada acidentada mostrada acima através do Deserto de Atacama parece levar o passageiro diretamente na direção das brilhantes estrelas e nas flamejantes nebulosas localizadas na parte sul da Via Láctea. Se você continuar seguindo a estrada irá chegar no Cerro Armazones, um pico no deserto do Chile que será o futuro local de construção do telescópio de 40 metros chamado de European Extremely Large Telescope. Na imagem abaixo você encontra a identificação das principais estrelas, nebulosas e objetos registrados na imagem acima. A cena como um todo é dominada pelo brilho avermelhado da Grande Nebulosa Carina, uma das maiores regiões de formação de estrelas da nossa galáxia. De fato, a impressionante imagem não é o resultado de uma composição de várias exposições ou uma fotomontagem. Longe das luzes das cidades, da poluição luminosa e de outros empecilhos, a imagem acima iluminada exclusivamente pelo brilho das estrelas da Via Láctea foi registrada com uma câmera digital modificada e com uma lente rápida. O sensível sistema construído, conseguiu de maneira espetacular registrar tanto a paisagem terrestre, como a estrada que pode ser vista na imagem acima, como a paisagem celeste capturando com extrema nitidez e detalhe as estrelas e nebulosas que constituem essa parte da Via Láctea.

Fonte:

http://apod.nasa.gov/apod/ap120218.html

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.