Vulcão Anyuyskiy

No leste da Rússia, ao norte da Península Kamchatka, localiza-se o Vulcão Anyuyskiy. Agora dormindo, o vulcão foi uma vez ativo o suficiente para provocar uma massiva lahar – uma avalanche de cinza vulcânica e rochas misturadas com água – que enviou detritos a uma distância de 50 quilômetros na direção oeste do pico do vulcão. O efeito dessa gigantesca avalanche persiste até hoje, uma faixa de rocha, seca e sem vida num lugar anteriormente coberto por uma rica vegetação.

Em 13 de Setembro de 2003, o Advanced Spaceborne Thermal Emission and Reflection Radiometer (ASTER) a bordo do satélite Terra da NASA capturou essa imagem do Anyuyskiy. O ASTER é capaz de mapear a elevação enquanto que coleciona imagens, desse modo essa imagem tem uma cor falsa, os dados de imagem foram sobrepostos aos dados de elevação para criar essa visualização tridimensional do vulcão. A vegetação aparece em verde brilhante, as rochas expostas e o gelo aparecem vermelhos, a água aparece azul. Mesmo no verão traços de neve cobrem os picos mais altos. A antiga avalanche do Anyuyskiy se estendeu desde o talude norte, virando para a direção oeste imediatamente a norte do Anyuyskiy e fluindo na direção oeste-sudoeste. Lagos ocorrem ao longo das margens da avalanche, e alguns pequenos lagos aparecem na superfície da avalanche, mas pouca vegetação tem sido encontrada encrustada no antigo rio de rocha.

Quando o Anyuyskiy lançou esse lahar, o fluxo de lama vulcânica derrubou e carregou tudo que encontrou pelo caminho. Tendo uma textura de cimento molhado, os lahars podem fluir rapidamente. Dependendo do que eles são formados, eles podem variar em temperatura desde frias até escaldantes. Para aprender mais sobre os lahars acesse: When Rivers of Rock Flow.

Fonte:

http://earthobservatory.nasa.gov/IOTD/view.php?id=48230

 

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo