fbpx

Direto do Observatório Lunar Vaz Tolentino: A Cratera Posidonius Através de Nuvens

Cratera POSIDONIUS, através de uma fina camada de nuvens em 25/06/2012.

(créditos: Tolentino.)

Cratera POSIDONIUS:

Diâmetro: 95 Km;

Profundidade: 2,3 Km;

Coordenadas Selenográficas: Lat: 31.8° N, Long: 29.9° E. diâmetro: 95 Km, profundidade: 2.3 Km.

Esta magnífica cratera circular é considerada um dos mais belos alvos para telescópios existentes no quadrante nordeste. Uma bela cratera com seu piso apresentando fendas, sulcos, canais e outros detalhes. A circunferência, que não é perfeita, tem cerca de 95 Km de diâmetro e sua profundidade atinge 2,3 Km.

Sua parede é mais ampla e regular do lado leste, onde apresenta uma grande depressão longitudinal (restos de um segundo anel de cratera). No lado nordeste, estão localizados duas pequenas crateras (Posidonius B, Lat: 33.1° N, Long: 30.9° E, diâmetro: 14 Km e Posidonius J, Lat: 33.8° N, Long: 30.7° E, diâmetro: 22 Km).

Em seu piso, aparece bem marcado, os restos de um segundo anel, formando um conjunto quase concêntrico com o desenho principal, separada por um intervalo de 16 Km. Seu piso também hospeda duas pequenas crateras (Posidonius A, Lat: 31.7° N, Long: 29.5° E,com 11 Km de diâmetro e Posidonius C, Lat: 31.1° N, Long: 29.6° E, com 2 Km de diâmetro). No centro do piso existe um conjunto de 4 pequenos domos vulcânicos formando um semicírculo.

Dados técnicos da foto:

Autor:

Ricardo José Vaz Tolentino.

Data e hora:             

25/06/2012, 18h38m ;

Foto com apenas 1 frame, sem longa exposição ou “empilhamento”. Não foram usados filtros.

Telescópio:                        

Refletor Dobsoniano SkyWatcher Collapsible Truss-Tube;

Diâmetro Espelho Primário:      

305mm (12”);

Distância Focal:                 

1500mm;

Focal/Ratio – (f/):               

5;

Tripé ou Montagem:                     

Dobsoniana;

Barlow:                                

Celestron Ultima 2X Barlow;

Câmera:                               

Orion StarShoot Solar System Color Imager III;

Não deixem de visitar na internet o site oficial do Observatório Lunar Vaz Tolentino onde é possível encontrar centenas de imagens da Lua além de muitas informações sobre astronomia e ciência em geral. Visitem o remodelado site do VTOL: www.vaztolentino.com.br

Fonte:

www.vaztolentino.com.br

 

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .