Vídeo Mostra O Olho da Missão Gaia: Uma Câmera Com Um Bilhão de Pixels

A maior câmera já construída para uma missão espacial foi cuidadosamente agrupada a partir de seus 106 detectores elétricos separados. O resultado, um conjunto com bilhões de pixels que servirá  como um olho super sensível da missão Gaia de mapeamento galáctico da ESA.

Enquanto que o olho humano pode ver algumas milhares de estrelas numa noite clara, a missão Gaia irá mapear um bilhão de estrelas dentro da nossa própria Via Láctea e nas galáxias vizinhas durante o período de cinco anos da missão a partir de 2013, registrando seus brilhos e características espectrais juntamente com a posição e o movimento tridimensional desses astros.

Para detectar estrelas distantes mais de um milhão de vezes mais apagada do que o objeto mais apagado que os nossos olhos podem ver, a missão Gaia irá carregar 100 Charge Coupled Devices, ou CCDs, equipamento que é na verdade uma versão avançada dos chips encontrados dentro das câmeras digitais padrão.

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.