fbpx

Vídeo Com Dados da Sonda SDO Mostra Flares Solare e Manchas Solares da Região Ativa AR1504

O vídeo acima mostra a região ativa do Sol conhecida como AR1504 rotacionando no limbo do Sol no dia 9 de Junho de 2012 e começando sua jornada através do disco do Sol de frente para a Terra  com uma flare de Classe M. Entre os dia 9 e 14 de Junho de 2012, um total de 5 flares de Classe M foram observadas, das quais a flare de longa duração do dia 13 de Junho de 2012 gerou uma ejeção de massa coronal, ou CME.

O  vídeo mostra a passagem das manchas solares dessa região ativa. As correntes elétricas no Sol, bem como nos planetas e nas galáxias, geram campos magnéticos. As manchas solares que temporariamente  perturbam a fotosfera do Sol são as mais visíveis do campo magnético solar. Elas aparecem escuras pois suas temperaturas são consideravelmente mais baixas do que das regiões ao redor. As manchas solares ocorrem quando as linhas de campo magnético do Sol emergem do interior solar e formam loops expandidos acima da sua superfície. As manchas solares normalmente se mostram de formas irregulares e pequenas e crescem com o avanço dos dias e das semanas até atingirem o tamanho completo. Elas podem até durar semanas ou meses até eventualmente desaparecem, normalmente se quebrando em manchas solares cada vez menores.

O vídeo acima também mostra as flares solares de Classe M registradas entre os dias 6 a 14 de Junho de 2012.

 

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .