fbpx
19 de setembro de 2021

Uma Noite Animada na Constelação do Touro – Meteoros, Cometas e Estrelas

Essa foi uma noite incomum para quem estava olhando para a constelação do Touro. A constelação é bem conhecida por abrigar dois brilhantes aglomerados de estrelas, o aglomerado das Pleiades que pode ser observado na parte direita da imagem, e o aglomerado das Híades que pode ser observado na parte esquerda da imagem. Essa noite, no mês de Dezembro de 2018, foi a noite do pico da Chuva de Meteoros Geminídeas, e por isso alguns meteoros foram registrados na imagem cruzando a constelação, com rastros paralelos. Mais incomum ainda na cena, foi a presença de um cometa, o Cometa Wirtanen, que estava vagando pela constelação e na imagem aparece perto da base circundado por uma coma esverdeada. O cometa estava perto do seu brilho máximo, enquanto passava perto da Terra. A estrela laranja na parte superior esquerda da imagem é Aldebaran, considerada como sendo o olho do touro. Aldebaran é a estrela mais brilhante da constelação do Touro e a décima quinta mais brilhante no céu. A imagem acima é na verdade uma combinação de 800 exposições feitas desde a Vila de Albanyà, na Espanha.

Fonte:

https://apod.nasa.gov/apod/ap190107.html

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo