Uma Labareda de Classe X no Sol

No dia 14 de Fevereiro de 2011, o Sol lançou uma das mais poderosas explosões, uma labareda da classe X. A explosão foi de longe a maior no atual ciclo solar. A erupção aconteceu na região ativa conhecida como AR1158 no hemisfério sul do Sol, a labareda pôde ser registrada numa imagem do extremo do ultravioleta pelo satélite Solar Dynamics Observatory (SDO) e é aqui reproduzida. A intensa explosão de radiação eletromagnética momentaneamente saturou os sensores do SDO causando uma linha vertical na imagem. Essa labareda de classe X foi também acompanhada por uma ejeção de massa coronal (CME), uma massiva nuvem de partículas carregadas viajando a uma velocidade aproximada de 900 quilômetros por segundo. Os observadores localizadas nas altas latitudes já receberam o alerta de que auroras podem acontecer essa noite (17 de Fevereiro de 2011).

Fonte:

http://apod.nasa.gov/apod/ap110217.html

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo