fbpx
27 de fevereiro de 2024

Uma Imagem Que Revela a Maravilha da Geologia Marciana


uma_imagem_geologia_marte


observatory_150105Diferente do que se pensa, o Planeta Marte não é mundo sem fim coberto por uma poeira vermelha eterna – diferentes partes do planeta se apresentam de forma geomorfologicamente distintas, com algumas partes mostrando dunas, crateras ou canais de inundação, enquanto outras mostram feições que evidenciam avalanches, rastros de redemoinhos e terrenos estratificados.

A composição apresentada acima, foi feita por Casey Rodarmor usando imagens originalmente obtidas pela câmera High Resolution Imaging Science Experiment, ou HiRISE, que viaja a bordo da sonda Mars Reconnaissance Orbiter, ou MRO. As imagens, obviamente não apresentam a coloração verdadeira do Planeta Vermelho, mas isso tem sua explicação.

A câmera HiRISE possui três conjuntos de detectores Blue-Green (BG, 400-600nm), Red (550-850 nm) e NIR (800-1000 nm).

Como as cores verde e azul não são medidas de forma separada o mapeamento que se faz da combinação BG/Red para o espaço RGB é algo arbitrário. Diferentes cientistas usarão diferentes esquemas de mapeamento para realçar as feições de seu interesse. Pode ser que as imagens geradas foram assinaladas com o canal BG como RGB-blue, o canal Red como RGB-red e então definiram o RGB-green para ser interpolado entre os canais Red e BG. Então cada canal RGB tem seu contraste estirado sobre toda a imagem.

Cor sempre é um tema a ser discutido nas imagens obtidas das sondas espaciais. A verdade é que a ideia é misturar os canais tentando realçar as feições de interesse para um determinado estudo, ou até mesmo dando a essas imagens uma cor que estaria o mais próximo possível da cor que o olho humano enxergaria se estivesse no solo de Marte. Fora essa discussão sobre cores, o Planeta Vermelho é sim um mundo multifacetado e cheio de surpresas para os nossos olhos e nossas mentes curiosas. No vídeo abaixo fazemos um passeio pela imagem de alta resolução, mostrando os diferentes tipos de texturas e de feições superficiais que podemos encontrar no Planeta Vermelho.



Fonte:

http://io9.com/you-wont-think-the-surface-of-mars-is-boring-after-look-1645898179

alma_modificado_rodape105

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo