fbpx
22 de fevereiro de 2024

Uma Estrela Fugitiva

Uma estrela fugitiva pesada está saindo de um berçário estelar próximo a mais de 250000 milhas por hora, uma velocidade na qual qualquer um poderia viajar até a Lua e voltar em apenas duas horas. Esse é o mais extremo caso de uma estrela super massiva sendo expulsa de casa por um grupo de suas semelhantes.

A estrela sem lar está nos subúrbios da Nebulosa 30 Doradus, um terreno fértil para estrelas nas vizinhanças da Grande Nuvem de Magalhães. O berçário estelar é observado no centro da imagem. A descoberta sustenta a evidência que a maioria das estrelas massivas no universo local residem na 30 Doradus, fazendo dessa nebulosa um laboratório único para estudar as estrelas peso pesado. Também chamada de Nebulosa da Tarântula, a 30 Doradus está localizada a 170000 anos-luz de distância da Terra.

Pistas tentadoras de três observatórios, incluindo o o novo instrumento Cosmic Origins Spectrograph (COS) instalado no Telescópio Espacial Hubble e alguns outros trabalhos antigos, sugerem que a estrela viajou 375 anos-luz desde o seu suspeito lar, um aglomerado estelar gigante chamado R136. Imbricado no centro da 30 Doradus, o R136 contém algumas estrelas com 100 vezes a massa solar.

Fonte:

http://www.nasa.gov/multimedia/imagegallery/image_feature_1662.html

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo