Uma Cratera Raiada Muito Nova na Lua

A última coisa que a maioria das pessoas se lembram sobre a tragédia da missão Apollo 13 que por pouco trouxe os astronautas vivos de volta para a Terra, foi que eles tiveram que se livrar do foguete do terceiro estágio da nave. Esse foguete de 14 toneladas então atingiu o Oceanus Procellarum, próximo da cratera Copernicus na Lua, no dia 14 de Abril de 1970, viajando a uma velocidade de 2.5 km/s. Essa velocidade é muito maior do que a velocidade de uma bala durante um tiro, mas muito menor do que a maioria dos objetos que se chocam com a Lua.

Agora, a sonda da NASA Lunar Reconnaissance Orbiter encontrou o local onde ocorreu essa colisão, graças a sua câmera de alta resolução. Numa primeira olhada a feição lembra uma pequena cratera ordinária raiada, apesar de ter somente 40 anos de vida. A cratera tem aproximadamente 35 metros de diâmetro e os seus raios se estendem por quase 2 km.

Fonte:

Sky and Telescope – Julho de 2010

 

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.